18/04/10

"Aqueles que passam por nós, não vão sós, não nos deixam sós. Deixam um pouco de si, levam um pouco de nós".

É com esta frase que inicio esta crónica sobre a última jornada do Torneio ILSA Sub 14 disputada no campo do Direito em Monsanto, isto porque quis o destino que um jogador que iniciou a sua formação no Rugby Vila da Moita fosse morar para Lisboa e se intrigasse na equipa de sub 14 do Direito o seu nome André Silva, um entre muitos talvez para o Direito, mas para nós será sempre um dos nossos, pois quem viu a satisfação com que os nossos miúdos se agruparam em volta do amigo percebe que a frase acima faz todo o sentido.

"Boa sorte André" foi o desejo dos antigos colegas de equipa antes do jogo, e assim foi, pois apesar de ter começado bem os jogos tanto contra o CDUL como contra o Direito, o Rugby Vila da Moita acabou por ceder nas segundas partes perdendo ambos os jogos.

Um primeiro jogo contra o CDUL com um mau inicio, pois logo na bola de saída o RVM sofre o primeiro ensaio fruto da inexperiência de alguns jogadores que se iniciniaram agora nestas lides, mas souberam reagir marcando logo de seguida indo para o intervalo a ganhar com o resultado em 10-5, jogo de grande entrega e emotivo pois estava em risco o primeiro lugar para o CDUL pois se perdesse estariam depentes do resultado dos jogos da Escolinha da Galiza.

Apesar da boa réplica da equipa da Moita o resulatdo acabaria por ficar em 10-20 para o CDUL, que souberam corrigir e com boas jogadas de 3/4 marcaram a diferença, acabando por ser o justo vencedor neste jogo e sagrando-se assim Campeões do Torneio ILSA.

Com apenas 5 minutos de descanso entre jogos, disputaram o segundo jogo contra o Direito e embalados do jogo anterior conseguiram surpreender o advesário marcando 4 ensaios indo para o intervalo novamente a vencer agora com um resultado de 20-5, mas o cansaço fez com que o RVM terminasse este jogo a perder por 25-45, um bom jogo disputado entre as duas equipas e apesar da pesada derrota devemos sentir orgulho nos nossos miúdos pois se pensarmos que metade da equipa pertence ao escalão inferior de sub 12, então só podemos aguardar esperançados de que o futuro nos reserva muitas alegrias.

Bem hajam,
António Pereira





[Texto: António Pereira]
[Fotos: Xalete]

2 comentários:

  1. estes miudos são um orgulho :)

    ResponderEliminar
  2. :) Concordo plenamente...
    E por falar em miudos...
    Boas fotos matilde!!!! :)

    ResponderEliminar